terça-feira, 27 de abril de 2010

Sheboygan Falls! - que nome é esse? :)

video

A cidadezinha onde a Dana mora e onde fiquei no primeiro fim-de-semana é Sheboygan Falls. Que nome estranho, né? Até para os americanos... Vem da história de uma índia, que quando teve o segundo filho de um branco, diziam "she boy again", ou um 'indianês' para "she had a boy again" ou 'ela teve um menino de novo'. Falando rápido sai Sheboygan. Que é o nome do rio que corta a pequena cidade e de uma cidade maior na beira do lago Michigan. Como na altura da cidadezinha tem uma pequena queda d'água (falls), ficou Sheboygan Falls.

É uma típica, bonita e limpa cidade do meio-oeste. Tão tranquila e pacífica que ninguém tranca o carro! Na pousada onde fiquei (Bed&Breakfast), por exemplo, a confiança foi tanta que a dona me entregou as chaves do quarto E da pousada... e foi embora! Pode? Ela morava pertinho, mas aqui nunca vi disso, tamanha confiança num hóspede, nem no interiorzão!!! Como eu era a única hóspede daquele fim-se-semana - a temporada de 'getaway' ou pequenas viagens para desestressar da cidade grande, quando essas pousadas são muito requisitadas, ainda não havia começado - fiquei sozinha lá!!! E ainda por cima a proprietária generosamente me deu um 'upgrade', me passou para a melhor suíte, sem custo. Me senti uma verdadeira rainha, hehe :)

No vídeo acima você pode ver as fotos da suíte, as minhas primeiras compras e fotos que tirei no domingo bem cedinho, ainda frio, antes mesmo do café-da-manhã (servido no quarto!!!) da cidade em volta. Um charme, um encantamento só!

Depois do laudo café, Dana veio me buscar para mais um dia de compras. Além de me ajudar a ativar o celular. :) Agora estava finalmente comunicável! Fomos ao Michael's, a uma pequena loja de artesanato com 'trocentas' coisas com preços para lá de ótimos, dava vontade de comprar tudo!!! Também me levou a um Wal-mart - onde comprei chocolates e presentes para meus pais - e um pet-shop enorme, onde comprei itens para meus cães e gata. Eles também iam ganhar presentes! ;)

Depois fomos para o hotel onde eu ficaria em Chicago, perto de onde rolaria a principal das feiras de miniatura. Com o estrago na casa dela, achei melhor não ficar ocupando muito o tempo dela, pois tinha assuntos mais urgentes para resolver. Apesar dela não reclamar nem um pouquinho!!! 

O pior foi a quantidade de pacotes além da mala que tive que levar hotel adentro! Para começar, cometi a 'loucura' de comprar online na semana anterior, aproveitando uma oferta de um dia de uma loja de miniaturas que ofereceu desconto de 50% nas dollhouses. A bobinha aqui comprou logo uma casa enorme, porque estava barato... nem pensei no tamanho do trombolho do pacote!!! A Dana tinha autorizado que eu enviasse para a casa dela, e quando chegou ela avisou por email "é um pacote bem grande". Grande?... Gigante, isso sim, e pesaaaaado! Aprendi mais uma: se for para comprar uma dollhouse, escolha uma menor, mais modesta. Ou então compre numa escala bem mais reduzida, como 1:24 ou mesmo 1:48. Vai por mim!!!! Olha só o tamanho do trombolho (compare com o tamanho da mala e tênis!):



Também tinham alguns livros e pacotes com ferramentas que eu tinha encomendado online antes mesmo de sair do Brasil, pedindo para entregarem no hotel. Vixi! Acho que não calculei bem o tamanho da encrenca... kkkkk

Um comentário: